DOR DO MEMBRO FANTASMA

sensação dolorosa no local amputado

Ela pode surgir alguns meses após a cirurgia. Os fatores predisponentes para a dor fantasma são: a memória de dor prévia à amputação, local da amputação (sendo mais comum no membro superior do que no membro inferior) depressão e idade avançada. A dor do membro fantasma é caracterizada por uma ardência, sensação de choque e pode atingir uma forte intensidade. O tratamento envolve o uso de medicamentos como analgésicos, antidepressivos e anticonvulsivantes, utilizados no tratamento da dor e em muitos casos pequenas cirurgias para alívio da dor (neuroestimulação). O apoio psicológico e a fisioterapia são indispensáveis para o tratamento da doença.